sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Confirmado dois casos de sarampo em Pernambuco

AS vítimas são um homem de 27 anos e uma menina de apenas dois. Ambos não comprovaram vacinação tríplice viral

Campanha de vacinação contra sarampo segue até 31 de agosto e que terá o Dia D neste sábado (18). Foto: Arquivo/DP

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) e a Secretaria de Saúde do Recife confirmam dois casos de sarampo no Estado. Trata-se de um homem de 27 anos com histórico de viagem no início de julho para Manaus, área onde está circulando o vírus. Em Manaus, ele teve contato com um caso suspeito. A segunda ocorrência é de uma menina de dois anos, sobrinha do homem e que mora com ele no Recife. Os dois não comprovaram vacinação para tríplice viral. Após resultado laboratorial preliminar do Laboratório Central de Pernambuco (Lacen-PE), não conclusivo, mas sugestivo para doença, as amostras de sangue dos pacientes foram encaminhadas para a Fundação Oswaldo Cruz do Rio de Janeiro (Fiocruz-RJ), laboratório de referência nacional que confirmou a doença.

De acordo com a Fiocruz-RJ, a menina de 2 anos teve resultado positivo por meio das técnicas de PCR e sorologia, enquanto o homem teve sorologia positiva. Os outros três casos relacionados a esses pacientes (dois familiares e uma funcionária) continuam em análise. É importante ressaltar que, logo após a notificação dos casos, as medidas de vigilância e controle foram executadas pelas secretarias de Saúde do Recife (de origem dos pacientes) e de Jaboatão dos Guararapes (onde o homem trabalha), com o apoio da Secretaria Estadual de Saúde. Entre as ações, bloqueio vacinal de contatos com os casos confirmados, como é preconizado pelo Ministério da Saúde (MS). Todos os órgãos continuam vigilantes para a situação. 

“A Vigilância em Saúde do Estado está atenta para analisar os casos notificados e desencadear as ações para evitar a propagação de casos. Precisamos reforçar com os serviços de saúde e os municípios pernambucanos a necessidade de estar vigilante e para comunicar de imediato qualquer suspeita. Uma resposta rápida é essencial para quebrar a cadeia de transmissão e, consequentemente, o surgimento de um surto da doença”, afirma o diretor geral de Controle de Doenças Transmissíveis da SES, George Dimech.

A Secretaria Estadual de Saúde ressalta que a confirmação desses casos no Estado só reforça a importância da população manter a caderneta de vacinação corretamente atualizada. Atualmente, está ocorrendo uma campanha nacional de vacinação contra a poliomielite e o sarampo, que segue até 31 de agosto e que terá o Dia D neste sábado (18). O secretário estadual de Saúde, Iran Costa, participará da abertura do Dia D no Recife, às 8h do sábado, na Upinha Dia Bongi/Novo Prado, que fica na Rua Isaac Markman, 100, no Bongi.. 

A campanha de vacinação é voltada para crianças de 1 ano a menores de 5 (4 anos, 11 meses e 29 dias), independente da situação vacinal. No Estado, o objetivo é imunizar, no mínimo, 95% dos 544.180 meninos e meninas pernambucanos inclusos na estratégia. Até a manhã desta quinta-feira (16.08), mais de 115 mil meninos e meninas já foram imunizados, totalizando 21% do público. Na manhã da sexta (18.08), uma reunião com gestores de saúde ocorrerá no auditório da SES, no Bongi, para tratar da campanha (leia mais abaixo).

“Precisamos mobilizar os pais e responsáveis para levarem as crianças para serem vacinadas durante o Dia D. Sabemos que esse público é o que pode sustentar uma propagação de casos, por isso a importância de ampliar a cobertura vacinal nessa faixa etária”, afirma a coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Ana Catarina de Melo. A coordenadora ainda reforça que tem dialogado com os municípios para que sejam realizadas ações para chegar mais próximo a essas crianças. A Sociedade de Pediatria de Pernambuco e o Rotary Club Pernambuco também estão apoiando a campanha.

CAPACITAÇÃO – Nesta sexta-feira (17), das 8h30 às 12h30, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) reúne gestores da área para tratar da "Vacinação em crianças e adultos - dúvidas e controvérsias". A iniciativa, em parceria com a Sociedade de Pediatria de Pernambuco, será realizada na sede da SES, no bairro do Bongi, no Recife. Também haverá transmissão para todas as 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres), além dos auditórios do Imip e do Hospital Dom Malan (Petrolina).

Na programação, apresentação das coberturas vacinais no Estado e uma discussão para tirar as dúvidas dos participantes sobre a campanha e vacinação em geral. O secretário estadual de Saúde, Iran Costa; a coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Ana Catarina de Melo; a pediatra e técnica da Gerência de Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente da SES, Madalena Oliveira; o presidente da Sociedade de Pediatria de PE, Eduardo Jorge Fonseca; e a infectologista Ângela Rocha participam do evento.

A reunião, que teve inscrição prévia, é voltada para profissionais da Atenção Primária, da rede de urgência e emergência, dos Programas de Imunização, Conselhos de Enfermagem e Medicina, entre outros profissionais de saúde interessados. 

DADOS – Em 2018, Pernambuco notificou 102 casos suspeitos de sarampo (30 notificações dessas são do Recife). Desse total, 48 foram descartados (16 do Recife), 2 confirmados (ambas as confirmações são da capital pernambucana) e os demais estão em investigação. “Diante da ocorrência de sarampo no Brasil e da constante comunicação da situação epidemiológica feita pela SES, os profissionais de saúde estão sensibilizados para identificação e notificação de casos suspeitos da doença. Esse fato é importante pois é a partir dessas notificações que as secretarias municipais de Saúde e o Estado podem realizar ações de prevenção e controle”, destaca George Dimech.

Antes de 2018, foram confirmados 199 casos de sarampo em 2013 e 27 em 2014, além de 1 caso importado em 2012. Anteriormente, o último registro tinha sido em 1999, com 240 casos. 

VACINA - Além da Campanha Nacional de Vacinação, que terá o Dia D neste sábado, a vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola, é disponibilizada de rotina nos postos de saúde para o público de até 49 anos. Na rotina, ela deve ser aplicada em crianças com 12 meses, com um reforço aos 15 meses com a tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela). Para crianças acima de 2 anos e jovens e adultos até os 29 anos, não vacinados anteriormente ou que não se lembram, devem ser feitas 2 doses da tríplice viral, com intervalo de 30 dias entre elas. Adultos entre 30 e 49 anos (não imunizados ou que não lembram) devem tomar uma dose da tríplice. Profissionais de saúde não vacinados devem tomar duas doses com a vacina tríplice viral, independente da idade. Essas doses são disponibilizadas durante todo o ano nos postos de vacinação de todos os municípios.


Blog Fazenda Nova Online
Fonte: Diário de Pernambuco

Treze pessoas são assassinadas em Pernambuco em 24 horas


O Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco registrou 7 assaltos a ônibus no Grande Recife, nas últimas 24 horas. No mês de agosto são 112 assaltos e no ano 1.629.

Nas últimas 24 horas, 13 pessoas foram assassinadas em Pernambuco, 3 no Grande Recife e 10 no interior do Estado. No ano são 2.595 homicídios no Estado, 1.023 na Região Metropolitana e 1.572 no interior.

Em Caruaru, um homem foi assassinado na noite desta quinta-feira (16), na Vila Rafael, zona rural do município. O crime aconteceu dentro de um bar.

Cícero Gonçalves da Silva, 44 anos, foi morto a tiros. Ele jogava baralho com amigos quando dois homens chegaram de moto e um deles efetuou os disparos contra a vítima, que morava no Sítio Palmatória. As outras pessoas não foram atingidas.

Este é o terceiro homicídio do mês de agosto em Caruaru. De janeiro até agora foram registrados 114 assassinatos no município.


Blog Fazenda Nova Online
Fonte: Rádio Liberdade

Office boy da TV Asa Branca é assaltado ao sair de agência bancária em Caruaru

Vítima informou que os suspeitos estavam bem vestidos e conversavam com ele de forma amigável dentro do banco, diz polícia.


Um office boy da TV Asa Branca foi assaltado após sair de uma agência bancária em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, nesta quinta-feira (16). Segundo a Polícia Civil, a vítima informou que os suspeitos estavam bem vestidos e conversavam com ele de forma amigável dentro do banco.

Ao sair da agência, os suspeitos abordaram o jovem e roubaram a bolsa onde estava uma quantia em dinheiro, conforme a polícia.

A vítima realizou um boletim de ocorrência na 1ª Delegacia. Até o momento desta publicação, nenhum dos suspeitos foi localizado. A Polícia Civil irá investigar o caso.


Blog Fazenda Nova Online 
Fonte: G1 Caruaru

Veja o patrimônio que os candidatos ao governo de PE declararam ao TRE

Declaração de bens pode ser encontrada no site do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco. Prazo para o registro de candidatura terminou às 19h da quarta-feira (15).

Veja abaixo o patrimônio informado ao Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) pelos sete candidatos a governador de Pernambuco. A lista está em ordem alfabética.

Ana Patrícia Alves (PCO)




Ana Patrícia Alves é candidata ao governo de Pernambuco pelo PCO (Foto: TRE-PE/Divulgação)


Ocupação declarada: Agente de saúde e sanitarista


Bens declarados: Nenhum




Armando Monteiro (PTB)



Armando Monteiro é candidato ao governo de Pernambuco pelo PTB (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)


Ocupação declarada: Empresário


Bens declarados: R$ 16.754.720,50


Armando Monteiro - Bens declarados

Tipo Valor (em R$)
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros) 69.993,27
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros) 1.776.000,00
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros) 197.340,98
Outros bens e direitos 11.950.000,00
Apartamento 1.364.418,40
Apartamento 180.000,00
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc. 239.000,00
Quotas ou quinhões de capital 87.643,53
Construção 400.000,00
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros) 70.960,43
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc. 159.160,00
Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros) 260.203,89

Fonte: TRE-PE



Dani Portela (PSOL)


Dani Portela é candidata ao governo de Pernambuco pelo PSOL (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)


Ocupação declarada: Advogada

Bens declarados: Nenhum


Julio Lossio (Rede)



Julio Lossio é candidato ao governo de Pernambuco pela Rede (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)


Ocupação declarada: Médico


Bens declarados: R$ 2.206.390,83


Julio Lossio - Bens declarados

Tipo Valor (em R$)
Apartamento 90.609,70
Quotas ou quinhões de capital 323.500,00
Quotas ou quinhões de capital 2.600,00
Quotas ou quinhões de capital 300,00
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc. 25.622,92
Quotas ou quinhões de capital 300,00
Quotas ou quinhões de capital 17.400,00
Quotas ou quinhões de capital 300,00
Quotas ou quinhões de capital 142.500,00
Sala ou conjunto 257.500,00
Terreno 425.920,86
Quotas ou quinhões de capital 10.247,35
Sala ou conjunto 241.500,00
Sala ou conjunto 230.100,00
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc. 176.790,00
Quotas ou quinhões de capital 4.000,00
Sala ou conjunto 236.900,00
Terreno 20.000,00
Quotas ou quinhões de capital 300,00

Fonte: TRE-PE



Maurício Rands (PROS)

Maurício Rands é candidato ao governo de Pernambuco pelo Pros nas eleições 2018 (Foto: Larissa Pereira/TV Globo)


Ocupação declarada: Advogado

Bens declarados: Nenhum


Paulo Câmara (PSB)


Paulo Câmara é candidato ao governo de Pernambuco pelo PSB nas eleições 2018 (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)


Ocupação declarada: Advogado


Bens declarados: R$ 272.879,91


Paulo Câmara - Bens declarados

Tipo Valor (em R$)
Depósito bancário em conta corrente no país 18.957,23
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc. 103.650,00
Apartamento 140.000,00
Depósito bancário em conta corrente no país 1,00
Depósito bancário em conta corrente no país 8.037,69
Depósito bancário em conta corrente no país 240,42
Depósito bancário em conta corrente no país 1.993,57

Fonte: TRE-PE



Simone Fontana (PSTU)


Simone Fontana é candidata ao governo de Pernambuco pelo PSTU (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)


Ocupação declarada: Professora de ensino fundamental


Bens declarados: R$ 5.000,00


Simone Fontana - Bens declarados

Tipo Valor (em R$)
Veículo automotor terrestre: caminhão, automóvel, moto, etc. 5.000,00

Fonte: TRE-PE


Blog Fazenda Nova Online
Matéria:  G1 PE

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Por hora, 6 pessoas morrem por erros médicos nos hospitais brasileiros


Levantamento aponta que quatro desses óbitos poderiam ter ser evitados com os procedimentos corretos
A cada uma hora, seis pessoas morrem por "eventos adversos graves", ocasionados por erros, falhas assistenciais ou processuais ou infecções nos hospitais brasileiros. Desses óbitos, quatro poderiam ser evitados com a realização dos procedimentos corretos.
No ano passado, 54,76 mil mortes foram causadas pelos chamados eventos adversos graves, sendo que 36,17 mil poderiam ter sido evitadas. O Brasil registrou sete mortes violentas intencionais por hora, o que mostra que os óbitos gerados por falhas em hospitais estão em um patamar próximo ao das mortes violentas. 
Os dados correspondem ao ano de 2017, e fazem parte do 2° Anuário da Segurança Assistencial Hospitalar, feito pelo Instituto de Pesquisa FELUMA (Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais) e pelo IESS (Instituto de Estudos de Saúde Suplementar). 
"Os eventos adversos são inerentes a qualquer serviço de saúde, mesmo nos melhores e mais sofisticados sistemas do mundo. Não se trata, portanto, de buscar culpados, mas, de propor medidas que enfrentem o problema", afirmou em comunicado Renato Couto, professor da FELUMA e um dos responsáveis pelo Anuário.
Entre os eventos adversos graves captados com mais frequência estão septicemia (infecção generalizada), pneumonia, infecção do trato urinário, infecção do sítio cirúrgico, complicações com acessos, dispositivos vasculares e outros dispositivos invasivos, lesões por pressão, erro no uso de medicamentos e complicações cirúrgicas, como hemorragia e laceração.
Além disso, segundo o estudo, cinco desses principais "eventos" não contam com algum programa de prevenção ou combate, seja no SUS ou na rede privada hospitalar. São eles: parada cardiorrespiratória prevenível, insuficiência renal aguda, aspiração pulmonar, hemorragia pós-operatória e insuficiência respiratória aguda.
"O fato de os hospitais analisados no estudo serem considerados 'de primeira linha' e apresentarem esses números indica que a média nacional projetada a partir da amostra estudada provavelmente está subestimando o problema. É possível que ainda mais brasileiros morram por eventos adversos do que o detectado", comentou Luiz Augusto Carneiro, superintendente executivo do IESS. 
Custos
Segundo o Anuário, os eventos adversos consumiram R$ 10,6 bilhões do sistema privado de saúde. Não foi possível calcular o valor para o SUS, visto que há variação de receita nos hospitais públicos. 
Já em relação ao custo em leitos-dia, cada falha ou erro extendeu o período de internação em 14,4 dias, em média. Na rede privada foi de 10,5 dias, e no SUS de 16,4 dias. 
Em 2017, foram utilizados 4,3 milhões de leitos-dia em função de eventos adversos. Sendo 4,7 milhões em razão de eventos adversos graves.
"Considerando o período normal de internação para pacientes que não passaram por eventos adversos encontrados no estudo, de 6 dias para o SUS e 3,5 dias para a rede privada, conseguiríamos atender aproximadamente mais 7,7 milhões de pacientes (2,9 milhões relacionados a eventos adversos gerais e mais 4,7 milhões relacionados a eventos adversos graves) sem aumentar os gastos ou ampliar a rede", destaca Renato Couto em comunicado divulgado com o material.
O Anuário foi calculado com uma amostra de 456.396 pacientes internados em hospitais da rede pública e privada ao longo de 2017. E como os dados foram coletados em municípios de grande porte e com o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) acima da média nacional, "é possível que os números nacionais sejam maiores do que os encontrados", indica o documento.
Nova FM / Blog Fazenda Nova Online 

Raquel Dodge contesta no TSE candidatura de Lula à presidência

A contestação foi feita na noite desta quarta-feira. Ela foi encaminhada ao ministro Luís Roberto Barroso, relator do caso

Foto: Reprodução/Internet

A procuradora-geral eleitoral, Raquel Dodge, que também é procuradora-geral da República, decidiu nesta quarta-feira, 15, contestar a candidatura ao Palácio do Planalto de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso e condenado no âmbito da Operação Lava Jato. A petição foi protocolada na noite desta quarta-feira no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e foi encaminhada ao ministro Luís Roberto Barroso, relator do caso.

Barroso não deve decidir de forma monocrática (individualmente) sobre o pedido de registro de Lula. De acordo com interlocutores do ministro, Barroso acredita que a questão é institucionalmente relevante e deve ser submetida à análise do plenário o mais rápido possível.

Raquel Dodge encaminhou ao TSE uma certidão expedida pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que em janeiro deste ano aumentou a pena de Lula para 12 anos e um mês de reclusão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá. Por essa condenação, Lula está enquadrado na Lei da Ficha Limpa e, portanto, inelegível, destaca Raquel Dodge.

"O requerente não é, portanto, elegível, por falta de capacidade eleitoral passiva, impede que ele seja tratado juridicamente como candidato e também que a candidatura requerida seja considerada sub judice, uma vez que inapta mesmo a causar o conhecimento do pedido de registro pelo Tribunal Superior Eleitoral. Disso deve decorrer a rejeição liminar do requerimento, sem qualquer outro efeito jurídico que o habilite a ser considerado candidato sub judice ou a pretender o financiamento de sua candidatura com recursos públicos, que são destinados apenas a financiar campanhas dos elegíveis", sustentou a procuradora-geral eleitoral.

Raquel Dodge quer que a certidão expedida pelo TRF-4 seja incluída no processo de Lula, que enviou para o TSE certidões criminais do Estado de São Paulo, em que não consta informação sobre essa condenação.

Mais cedo, o líder do Movimento Brasil Livre (MBL) Kim Kataguiri, também fez um pedido ao TSE para barrar a candidatura. Pouco tempo depois, Alexandre Frota (PSL-SP) também fez a solicitação.

Blog Fazenda Nova Online
Fonte: Agência Estado

Registrados homicídios em Caruaru, Bezerros, Panelas e Surubim

Foto: Josias Souza/Sem Meias Palavra

Registrados seis assaltos a ônibus na Região Metropolitana do Recife, nas últimas 24 horas. No mês de agosto são 105 ocorrências e no ano 1.622 assaltos.

Oito pessoas foram assassinadas em Pernambuco, nas últimas 24 horas, 3 no Grande Recife e 5 no interior. No ano já ocorreram 2.582 homicídios no Estado, 1.020 na Região Metropolitana e 1.562 no interior.

Em Caruaru, um mototaxista foi esfaqueado no final da tarde desta quarta-feira (15), no bairro Centenário. Adilson José da Silva, 41 anos, foi atingido com duas facadas. O crime aconteceu na Rua da Sé, onde ele morava.

De acordo com informações de familiares, o mototaxista foi tirar satisfação com o cunhado, Romildo Feitosa da Silva, 40 anos, que agredia constantemente a irmã dele. Neste momento começou uma discussão entre os dois.

Adilson José foi socorrido para o Hospital Regional do Agreste (HRA), mas não resistiu e faleceu. O cunhado dele, suspeito do crime, foi espancado por populares e também levado para o HRA. Ele será autuado em flagrante por homicídio e apresentado na audiência de custódia.

Este foi o segundo homicídio do mês de agosto em Caruaru. Neste ano de 2018 são 113 assassinatos no município.

Em Bezerros, o ex-presidiário José Henrique da Silva, 20 anos, foi assassinado com vários tiros em um matagal próximo do caminho da “Boca da Baleia”, bairro Cohab. Ele já havia sido preso por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. A autoria do crime é desconhecida.

Em Panelas, um homicídio aconteceu dentro de uma oficina no centro da cidade. Vandeilson José da Silva, 24 anos, foi baleado, socorrido pelo Samu e morreu no hospital.

Em Surubim, a vítima da violência foi o autônomo Antônio Mariano de Miranda Filho. Ele foi morto a tiros no bairro São José. O crime foi praticado por dois homens que estavam em uma motocicleta.


Blog Fazenda Nova Online
Fonte: Rádio Liberdade

MPPE orienta maior fiscalização para menores de idade em bares e eventos de Santa Cruz do Capibaribe

Foto: Fernando Lagosta (Arquivo).

Através da 1ª Promotoria de Justiça Cível de Santa Cruz do Capibaribe, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou aos donos de estabelecimentos onde são promovidos eventos, assim como aos proprietários de supermercados, bares, restaurantes, boates e ambulantes, que a comercialização de bebidas alcoólicas para menores de idade seja fiscalizada com mais rigor.

Após a Promotoria de Justiça ter recebido informações que crianças e adolescentes estariam consumindo bebidas alcoólicas em bares e congêneres, o MPPE recomenda que os donos dos estabelecimentos se abstenham de fornecer esse tipo de bebida aos menores de idade e alertem, através da afixação de cartazes, que a prática constitui crime. Se houver dúvida quanto à idade da pessoa, deve ser solicitada a apresentação de seu documento de identidade.

Segundo o promotor de Justiça Lucio Carlos Malta, o Conselho Tutelar, representantes do Ministério Público e do Poder Judiciário, os órgãos de segurança pública devem ter o livre acesso nos estabelecimentos para fiscalizar o cumprimento das disposições da recomendação, bem como para evitar e/ou reprimir eventuais infrações que estiverem sendo praticadas.

À Polícia Militar, foi sugerido que fiscalizasse os locais em que há festa dançante ou funcionamento de casa de show, bem como estabelecer uma rotina diária de blitz nos bares da cidade, a fim de verificar a ocorrência de crime de fornecimento de bebidas alcoólicas. A Polícia Militar ainda deve coibir o desacato à autoridade dos Conselhos Tutelares, com o imediato registro da Ocorrência Policial.

Por fim, foi pedido à Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe que promova a fiscalização dos alvarás de funcionamento dos bares e congêneres, e oriente a não servir bebidas alcoólicas às crianças e aos adolescentes, sob pena de cassação das respectivas autorizações.


Blog Fazenda Nova Online
Fonte: Blog do Ney Lima

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Eduardo Baptista está de volta ao comando do Sport

Vice-presidente de futebol do Sport, Guilherme Beltrão disse que o acerto "está fechado" com Eduardo Baptista


Eduardo Baptista comandou o Sport em boa parte da Série A 2015Foto: Williams Aguiar/Sport Club do RecifeA pequena novela em que o Sport estava inserido, na busca pelo novo técnico para a temporada, chegou ao fim. E o desfecho que os torcedores rubro-negros estavam aguardando, acabou confirmado. Eduardo Baptista, de 48 anos, é o novo treinador rubro-negro. Ele será o terceiro comandante do clube no ano, substituindo Claudinei Oliveira e Nelsinho Baptista, seu pai. Com o acordo firmado, o treinador volta à Ilha do Retiro após três anos. Como novo, e principal, objetivo, Baptista terá de espantar o fantasma do rebaixamento que assombra o Leão.

A confirmação de Eduardo Baptista foi feita pelo vice-presidente de futebol do Sport, Gulherme Beltrão. “Está fechado! Contrato até o final de 2018” Entre o pedido de demissão do técnico Claudinei Oliveira, no último domingo, após a derrota para o São Paulo, até a confirmação de Eduardo Baptista como novo treinador, no início da tarde desta quarta-feira(15), passaram-se aproximadamente três dias. Durante este período, o nome do comandante leonino ganhou força. Apesar das especulações envolvendo Jair Ventura, Roger Machado e outros, havia poucas dúvidas de que o plano a do Leão era o seu ex-técnico dos anos de 2014 e 2015. 

Eduardo estava no Coritiba, mas foi demitido há quatro dias após comandar a equipe em 18 jogos, sendo seis vitórias, oito empates e quatro derrotas. O aproveitamento foi de 48%. Com o acerto confirmado, Baptista trará Gustavo Bueno como auxiliar técnico. O atual treinador interino do Leão, Luciano Gusso, recebeu o convite do ex-técnico rubro-negro Claudinei Oliveira para trabalhar no Paraná. Na terça-feira, o próprio executivo de futebol do Leão, Klauss Câmara, em entrevista coletiva, afirmou que o profissional havia aceitado permanecer na Praça da Bandeira até a situação do novo comandante ser resolvida.

A carreira de Eduardo Baptista como treinador começou no próprio Sport, em 2014. No ano, foi campeão da Copa do Nordeste e do Campeonato Pernambucano. Após duas boas campanhas na Série A, foi para o Fluminense. Antes de voltar ao Leão, acumulou duas passagens pela Ponte Preta, uma por Palmeiras, Atlético/PR, e Coritiba. Seu aproveitamento no Sport é de 53%. Em 127 jogos, alcançou com 55 vitórias, 35 empates e 37 derrotas.


Blog Fazenda Nova Online
Fonte:  Folha de Pernambuco

Folha de Pernambuco divulga primeira pesquisa para o Governo, em parceria com o Ipespe

Pesquisa IpespeFoto: Artes/Folha de Pernambuco

Na primeira pesquisa de intenção de votos realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), divulgada em parceria com a Folha de Pernambuco nesta quarta-feira (15), o governador Paulo Câmara (PSB), candidato à reeleição, está na frente com 30%, liderando nominalmente a disputa. O senador Armando Monteiro Neto (PTB) surge em segundo lugar, com 24%, no limite da margem de erro, que é 3,5 pontos percentuais. Os demais nomes aparecem com percentuais distantes.

A pesquisa foi realizada entre os dias 11 e 13 de agosto, por telefone, ouvindo 800 pessoas, definindo cotas de sexo, idade, localidade, instrução e renda. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95,45%. Como manda a lei, o levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob os números de protocolo BR-06973/2018 e PE-07336/2018 e fez a seguinte pergunta: "Se a eleição para Governador de Pernambuco fosse hoje e os candidatos fossem esses que vou ler, em quem o(a) Sr(a) votaria para Governador?".


O ex-deputado federal Maurício Rands (PROS), que apresentou sua candidatura no final do prazo das convenções partidárias, apareceu na pesquisa estimulada com 4% das intenções de voto. Já a advogada Danielle Portela (PSOL) e o ex-prefeito de Petrolina Júlio Lóssio (Rede) pontuaram 3% cada. Simone Fontana, do PSTU, teve 2% das menções. Brancos, nulos ou “nenhum” representam 27% dos entrevistados. Já os indecisos ou os que não responderam aparecem com 8%. 

Raio-X

No quesito da idade, Paulo Câmara é o mais votado na faixa entre 16 e 24 anos, chegando a 42% das intenções de voto. O candidato Armando Monteiro Neto tem o seu melhor desempenho na faixa dos 45 a 59 anos. Nesse segmento, o senador pontua 30% e chega a ultrapassar o governador, que tem 28%. Brancos e nulos alcançam 32% das menções, na faixa entre 25 e 44 anos.

No recorte por instrução, chama atenção o candidato Maurício Rands, que, em terceiro lugar, chega a 15% entre os entrevistados com curso superior. Com 28%, o petebista também ultrapassa nominalmente Paulo Câmara, com 27%, entre os eleitores com ensino médio. Nas cotas de sexo, os candidatos aparecem com uma margem muito semelhante do resultado total.

Já no aspecto da renda, Rands também pontua com dois dígitos, 14%, entre os entrevistados que ganham acima de cinco salários mínimos. Paulo Câmara, por sua vez, chega a 31% dos entrevistados que ganham até dois salários mínimos. Armando pontua melhor, 28%, na faixa dos que ganham entre dois e cinco salários mínimos. No recorte pela condição do município, os candidatos Paulo Câmara, 37%, e Armando Monteiro, 27%, têm o seu melhor desempenho na periferia. Maurício Rands, 10%, e Danielle Portela, 6%, têm suas melhores performances na "capital". 

Rejeição
Com 47% do eleitorado sinalizando que "não votaria de jeito nenhum", o governador Paulo Câmara é o candidato ao Governo com maior rejeição. O senador Armando Monteiro é o segundo mais rejeitado, com 38%, seguido de Maurício Rands, com 35%. Júlio Lóssio e Simone Fontana têm 30%, cada. A candidata do PSOL, Danielle Portela, é a menos rejeitada, com 29%.

Espontânea
Na pesquisa espontânea para governador - quando o entrevistador não sugere nomes para o eleitor - Paulo Câmara aparece em 13% das menções, seguido por Armando Monteiro, com 7%. 

Nesse caso, na abordagem espontânea, nomes que não estão concorrendo ao cargo de chefe do Executivo, como a vereadora Marília Arraes (PT) e o prefeito Geraldo Julio (PSB), chegaram a ser mencionados. Também foi citado pelos eleitores o deputado Jarbas Vasconcelos, que concorre a uma vaga ao Senado.


Blog Fazenda Nova Online
Fonte: Folha de Pernambuco

Prefeitura do Brejo divulga programação da tradicional festa de São Domingos


Com o apoio da FUNDARPE – Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco – a Prefeitura Municipal do Brejo da Madre de Deus realiza mais uma edição da tradicional Festa de São Domingos.

Para o prefeito Hilário Paulo essa será um dos maiores eventos já realizados no Distrito São Domingos.

“Estamos oferecendo uma das maiores festas já realizadas em São Domingos que tem o objetivo de garantir entretenimento, alegria e descontração aos moradores e visitantes, além de aquecer a econômica local”, destacou.

O evento acontece sempre as 22 horas na Rua Luiz Cecílio de Santana (Rua da Frente), por trás da Igreja Matriz, no Centro da Comunidade. Na sexta-feira (17) a festa começa com Estribados do Forró e segue com a banda Calango Aceso. Já no sábado (18) o palco fica por conta de Avene Vinny que abre posteriormente para Alejandro Swingado.

Encerrando com chave-de-ouro, no domingo (19), a noite é voltada para o público religioso com a apresentação de Davidson Silva.
Em vídeo os cantores Avene Vinny e Alejandro Swingado convidam a galera para prestigiar o evento. Confira:




Blog Fazenda Nova Online
 Fonte: Assessoria

Juiz nega liminar para reduzir salários de vereadores em Brejo

Imagens: Arquivo do Blog.

Foi negado pelo Juiz Clécio Camêlo de Alquerque da Comarca de Brejo da Madre de Deus, um pedido de liminar para redução de salário dos vereadores do município. A ação civil pública havia sido impetrada pelo advogado André Tadeu, no início do mês.

O objetivo da ação era reduzir os vencimentos dos parlamentares de R$ 7.596,68 (sete mil, quinhentos e noventa e seis reais e sessenta e oito centavos) para R$ 6.012,00 (seis mil e doze reais) por, segundo ele, descumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal.

De acordo a decisão, o valor “não ultrapassa o teto remuneratório previsto no art 29-A da Constituição Federal”.

Na mesma ação, Tadeu pedia que fosse suprimida 100% da verba de representação do atual presidente da Câmara, que é de R$ 15.193,00 (quinze mil, cento e noventa e três reais).

“A verba de representação, de natureza indenizatória, em favor do presidente da câmara dos vereadores, não viola a norma que institui a remuneração por meio de subsídio”, diz trecho da decisão.

André Tadeu pedia ainda que os vereadores devolvessem aos cofres públicos os valores correspondentes às diferenças pagas entre janeiro de 2017 até a data de julgamento do processo.

Com o resultado adverso, o advogado recorreu da decisão no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE). Caberá ao Desembargador Waldemir Tavares de Albuquerque Filho, decidir se mantém ou não, a decisão do juiz de primeira instância.

Histórico

O advogado André Tadeu tornou-se conhecido em Pernambuco por ter conseguido, por meio de ações populares, reduzir subsídios de vereadores, prefeitos, vices e secretários municipais.


Em Santa Cruz do Capibaribe, os vereadores tiveram os subsídios reduzidos significativamente e perderam recursos em duas instâncias na tentativa de mudar a decisão judicial.

Em seus processos, André Tadeu costuma apontar falhas nos procedimentos adotados pelos legisladores em atos que definem os valores dos salários


Blog Fazenda Nova Online
Fonte: Blog do Ney Lima

Corpo do ator José Pimentel é velado no plenário da Alepe, no Recife

Ator faleceu nesta terça-feira (14) e enterro ocorre na quarta-feira (15), no Cemitério de Santo Amaro, no Centro da capital pernambucana.

O corpo do ator José Pimentel chegou, por volta das 16h30 desta terça (14), ao plenário do Palácio Joaquim Nabuco, antiga sede da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), no Centro do Recife, onde ocorre o velório do artista, de 84 anos. 

José Pimentel, que se tornou um nome emblemático na cena teatral do estado após interpretar Jesus Cristo durante 40 anos, faleceu pela manhã no Hospital Esperança, onde estava internado desde quinta (9).

Parentes, amigos, autoridades, além de admiradores do trabalho do ator, passam pelo velório para se despedir do artista. A filha dele, Lillian Pimentel, que o acompanhou ao longo do tratamento, também foi ao local. Em entrevista ao G1 durante o velório, ela falou que vai guardar as melhores lembranças da relação com o pai.

O ator José Pimentel é velado com o figurino de Jesus que utilizou na Paixão de Cristo do Recife (Foto: Danielle Fonseca/TV Globo)

"Deus me deu um grande pai, um amigo, tudo. Um exemplo a ser seguido. E ele fez tanta coisa por Pernambuco, fez tanta coisa pela cultura... Ele realmente é imortal, ele é patrimônio, mas como exemplo de pessoa, de ser humano. Ele deixou exemplo disso", afirmou Lillian.

Agora que o pai morreu, ela declarou que passou a ter uma missão. "Ele pediu para a gente continuar [com os projetos dele], para a gente não deixar morrer nem esquecê-lo. Continuar os espetáculos dele com os atores pernambucanos. Deixou [o pedido] por escrito mesmo, eu nem sabia. E a gente vai dar continuidade a tudo dele, eu vou fazer, a gente vai continuar, sim", disse.

Segundo a família, outro pedido que Pimentel havia feito era para ser enterrado com o figurino de Jesus que usava na Paixão de Cristo.

Filha de José Pimentel, Lílian Pimentel se despede do pai no Centro do Recife (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)

A secretária de Cultura do Recife, Lêda Alves, também passou pela Alepe para prestar homenagens ao ator. "Ele descansou depois de ter realizado uma tarefa muito complicada, muito difícil. Quem conviveu com ele aprendeu muita técnica de teatro, de luz, de som, de cenografia e de figurino. Eu, como secretária de Cultura do Recife, agradeço a Pimentel pelos serviços que ele prestou a esta cidade", afirmou.

Ivo Barroso, que atuou em espetáculos com o José Pimentel, foi até o local para se despedir do amigo. "São só lembranças boas. Primeiro, como pessoa, como ser humano. Mas também como amigo e como companheiro de profissão", contou.

"Ele demonstrava muito carinho por mim. Ele esteve triste por não poder exercer mais o trabalho como ator interpretando Jesus, mas, com o tempo, acabamos desenvolvendo uma amizade, e isso está guardado. Eu sou muito feliz, muito grato por isso", disse o ator Hemerson Moura, que interpretou Jesus Cristo na Paixão de Cristo do Recife neste ano.

Corpo de José Pimentel é velado no Palácio Joaquim Nabuco, no Centro do Recife (Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press)

O velório ocorre no plenário da Alepe até 8h de quarta (15), quando o corpo de José Pimentel será levado para o Cemitério de Santo Amaro, também na região central do Recife. No local, será realizada uma cerimônia ecumênica em homenagem ao ator, a partir das 10h, celebrada pelo padre João Carlos e pelo babalorixá Jorge Arruda. A celebração é aberta ao público. O enterro está previsto para as 11h.

Repercussão

Em nota, o prefeito do Recife, Geraldo Julio, lamentou o falecimento. "Um homem cuja história de vida se confunde com a história da dramaturgia pernambucana, principalmente nos espetáculos da Paixão de Cristo do Recife e de Nova Jerusalém. Deixo aqui registradas minhas condolências aos familiares e amigos", disse.

Também por meio de nota, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, lamentou a morte do ator. "Pernambuco perde um dos seus maiores artistas com a morte de José Pimentel, um verdadeiro ícone do nosso estado, dono de uma enorme capacidade de trabalho, de entusiasmo e de paixão por tudo a que se dedicava. Pimentel merece todas as nossas homenagens", disse no texto.

José Pimentel interpretou Jesus por 40 anos na Paixão de Cristo (Foto: Reprodução/TV Globo)


"Tenho a honra de, como governador, reconhecer sua imensa contribuição à nossa cultura, ao conceder a Pimentel o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco. Minha solidariedade e meus sentimentos aos seus familiares, amigos e admiradores", complementou Câmara na nota.

Em nota conjunta, a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e a Secretaria de Cultura do estado se pronunciaram sobre a morte do artista.

"As culturas pernambucana e brasileira sofreram hoje uma grande perda, mas o exemplo de persistência e devoção às artes de José Pimentel segue inspirando a todos nós, que aqui continuamos lutando pela consolidação de políticas culturais que honrem sua luta e reverenciem o seu legado", escreveram Márcia Souto, presidente da Fudarpe, e Marcelino Granja, titular da pasta de cultura.


Morre José Pimentel, ator que interpretou Jesus por mais de 40 anos

História

Pimentel nasceu em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. Escritor, também atuou como professor de teatro na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Durante 21 anos, ele comandou a direção e atuou na Paixão de Cristo do Recife. Em 2018, ele não representou Jesus, pela primeira vez. (Veja vídeo acima)

O ator é um dos fundadores do espetáculo de Nova Jerusalém em Fazenda Nova, no município de Brejo da Madre de Deus, há 52 anos. Em 2018, Pimentel ganhou o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco.

Os parentes contam que tudo começou quando, a partir da sugestão de um amigo, Pimentel foi incentivado, devido ao seu porte físico atlético, a representar um soldado romano no espetáculo Paixão de Cristo de Nova Jerusalém.

Anos depois, passou a ajudar o gaúcho Plínio Pacheco, idealizador e construtor da cidade-teatro de Nova Jerusalém, assumindo, junto com outros, a iluminação e a sonorização do espetáculo. Concebeu o sistema de dublagem feito com a gravação da fala dos atores permeado com a trilha sonora do espetáculo.

Entre 1968 e 1977, Pimentel interpretou Pilatos e dois demônios. Em 1969, substituiu Clênio Wanderley na direção do espetáculo. Em 1978, começou a atuar no papel de Jesus, substituindo o ator Carlos Reis, e continuou até 1996, afastando-se, então, da atuação e da direção.

Desde então, Pimentel passou a comandar a Paixão de Cristo do Recife, interpretando o papel de Jesus Cristo até 2017. Em 2018, o espetáculo chegou a ser cancelado, mas o ator e diretor afirmou que o realizaria mesmo com todas as dificuldades financeiras.

Além da relação próxima com a Paixão de Cristo, Pimentel foi um dos primeiros atores de novela do estado, fez cinema e apresentou programas de televisão durante o regime militar. Ele também criou e dirigiu espetáculos ao ar livre sobre personagens marcantes da história de Pernambuco, como "A Batalha dos Guararapes", sobre a luta para acabar com o domínio holandês no estado, e "O Calvário de Frei Caneca".

A história da vida do ator e diretor foi transformada em livro. "José Pimentel - Para Além das Paixões", do jornalista pernambucano Cleodon Coelho, foi lançado em janeiro deste ano.


Blog Fazenda Nova Online
Fonte: G1 PE e TV Globo

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Morre o ator José Pimentel, conhecido por interpretar Jesus por 40 anos

Conhecido por interpretar Jesus na Paixão de Cristo de Nova Jerusalém e do Recife, Pimentel estava internado desde o dia 9 de agosto na capital pernambucana.
Morreu nesta terça-feira (14) o ator, escritor e diretor de teatro José Pimentel, de 84 anos. Ele estava internado no Hospital Esperança, na área central do Recife, desde quinta-feira (9), por causa de um enfisema pulmonar. O artista é conhecido por interpretar Jesus nos espetáculos da Paixão de Cristo do Recife e de Nova Jerusalém, no interior de Pernambuco.
Em outubro de 2017, Pimentel foi incluído na lista dos Patrimônios Vivos de Pernambuco, justamente por interpretar Jesus na Paixão de Cristo por mais de 40 anos. Em 2018, foi a primeira vez que o ator não interpretou o papel na capital pernambucana, apesar de ter participado da produção.
O corpo deve ser velado na Assembleia Legislativa de Pernambuco, a partir desta terça-feira. O enterro está previsto para a quarta-feira (15), no Cemitério de Santo Amaro, na região central do Recife, depois de uma missa aberta ao público.
A família falou que, a pedido dele, o corpo vai ser sepultado com o figurino de Jesus, que o ator usava na Paixão de Cristo.
Diretor e produtor do espetáculo, José Pimentel, durante a encenação na qual interpretou Jesus Cristo desde a estreia da montagem, em 1997, até 2017 (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)
Diretor e produtor do espetáculo, José Pimentel, durante a encenação na qual interpretou Jesus Cristo desde a estreia da montagem, em 1997, até 2017 (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)
A filha do ator, Lilian Pimentel contou, na quinta-feira (9), que ele foi levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por causa das dificuldades respiratórias. No sábado (11), o estado era estável, mas o paciente teve que se submeter a sessões de hemodiálise.
O ator passou a respirar com a ajuda de aparelhos e a pressão baixou muito, segundo Lilian Pimentel. Os médicos chegaram a mudar os antibióticos para tentar reverter o quadro clínico e precisaram suspender a hemodiálise. Ele faleceu por volta das 9h30 desta terça-feira, segundo a família.
José Pimentel como Jesus na Paixão de Cristo do Recife, em foto de 2016 (Foto: Lú Streithorst/Divulgação)
José Pimentel como Jesus na Paixão de Cristo do Recife, em foto de 2016 (Foto: Lú Streithorst/Divulgação)
História
Pimentel nasceu em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. Escritor, também atuou como professor de teatro na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Durante 21 anos, ele comandou a direção e atuou na Paixão de Cristo do Recife. Em 2018, ele não representou Jesus, pela primeira vez.
O ator é um dos fundadores do espetáculo de Nova Jerusalém em Fazenda Nova, no município de Brejo da Madre de Deus, há 52 anos. Em 2018, Pimentel ganhou o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco.
Os parentes contam que tudo começou quando, a partir da sugestão de um amigo, Pimentel foi incentivado, devido ao seu porte físico atlético, a representar um soldado romano no espetáculo Paixão de Cristo de Nova Jerusalém.
Anos depois, passou a ajudar o gaúcho Plínio Pacheco, idealizador e construtor da cidade-teatro de Nova Jerusalém, assumindo, junto com outros, a iluminação e a sonorização do espetáculo. Concebeu o sistema de dublagem feito com a gravação da fala dos atores permeado com a trilha sonora do espetáculo.
Entre 1968 e 1977, Pimentel interpretou Pilatos e dois demônios. Em 1969 substituiu Clênio Wanderley na direção do espetáculo. Em 1978 começou a atuar no papel de Jesus, substituindo o ator Carlos Reis, e continuou até 1996, afastando-se, então, da atuação e da direção, quando os outros responsáveis decidiram utilizar atores da TV Globo como elenco principal no lugar dos atores locais.
Desde então, Pimentel passou a comanda a Paixão de Cristo do Recife, interpretando o papel de Jesus Cristo até 2017. Em 2018, o espetáculo chegou a ser cancelado, mas o ator e diretor afirmou que o realizaria mesmo com todas as dificuldades financeiras.
Além da relação próxima com a Paixão de Cristo, Pimentel foi um dos primeiros atores de novela do estado, fez cinema e apresentou programas de televisão durante o regime militar. Ele também criou e dirigiu espetáculos ao ar livre sobre personagens marcantes da história de Pernambuco, como "A Batalha dos Guararapes", sobre a luta para acabar com o domínio holandês no estado, e "O Calvário de Frei Caneca".
A história da vida do ator e diretor foi transformada em livro. "José Pimentel - Para Além das Paixões", do jornalista pernambucano Cleodon Coelho, foi lançado em janeiro deste ano.
Repercussão
Em nota, o prefeito do Recife, Geraldo Julio, lamentou o falecimento. "Um homem cuja história de vida se confunde com a história da dramaturgia pernambucana, principalmente nos espetáculos da Paixão de Cristo do Recife e de Nova Jerusalém. Deixo aqui registradas minhas condolências aos familiares e amigos", disse.
Também por meio de nota, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, também lamentou a morte do ator.
"Pernambuco perde um dos seus maiores artistas com a morte de José Pimentel, um verdadeiro ícone do nosso estado, dono de uma enorme capacidade de trabalho, de entusiasmo e de paixão por tudo a que se dedicava. Pimentel merece todas as nossas homenagens. Tenho a honra de, como governador, reconhecer sua imensa contribuição à nossa cultura, ao conceder a Pimentel o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco. Minha solidariedade e meus sentimentos aos seus familiares, amigos e admiradores", disse Câmara.
Em nota conjunta, a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e a Secretaria de Cultura do estado se pronunciaram sobre a morte do artista. "As culturas pernambucana e brasileira sofreram hoje uma grande perda, mas o exemplo de persistência e devoção às artes de José Pimentel segue inspirando a todos nós, que aqui continuamos lutando pela consolidação de políticas culturais que honrem sua luta e reverenciem o seu legado", escreveram Márcia Souto, presidente da Fudarpe, e Marcelino Granja, titular da pasta de cultura.

Nova FM / Blog Fazenda Nova Online 
Fonte: G1 PE